Posts tagged ‘Ética’

Etica e o Veganismo

Etica e o veganismo

No site Sociedadevegana.org, encontrei um texto escrito por Sonia T. Felipe que é membro fundador da Sociedade, além de ser escritora e professora. O texto fala sobre a ética em conjunto com o veganismo, o reflexo das atitudes dessa filosofia, na pratica porque o veganismo faz a diferença e o porquê o homem tem dificuldade em reconstruir seus princípios éticos. Nos trechos abaixo, retirado do site Sociedade Vegana, estão expostos algum dos principais argumentos, e fundamentos desse segmento.

“Ética (do grego ethos, que significa modo de ser, caráter, comportamento) é o ramo da filosofia que busca estudar e indicar o melhor modo de viver no cotidiano e na sociedade. Diferencia-se da moral, pois enquanto esta se fundamenta na obediência a normas, tabus, costumes ou mandamentos culturais, hierárquicos ou religiosos recebidos, a ética, ao contrário, busca fundamentar o bom modo de viver pelo pensamento humano.”

“A decisão de tornar-se vegana ou vegano implica disponibilizar-se para enfrentar a própria formatação moral e os embates inevitáveis no âmbito da família, da escola, da atividade profissional e das demais práticas sociais, incluindo nelas o hábito de sair com amigos para comer fora, comprar presentes, organizar festas de final de ano, de aniversário, divertir-se e até mesmo escolher uma profissão.”

“Para qualquer ser vivo, a maior violência que se pode cometer é tirar-lhe a liberdade de mover-se para prover-se seguindo o modo que melhor se adequa ao alcance do bem que lhe é próprio. Por isso, a defesa dos direitos animais passa inevitavelmente pela libertação deles de todas as formas de privação da liberdade à qual estão condenados no sistema que os torna objetos de propriedade humana. Não são os veganos quem proíbem outros de usarem animais como se fossem coisas descartáveis. Quem o faz é o princípio ético que todo humano admite como válido quando seu interesse em não ser sequestrado, usado, explorado e assassinado está em jogo. Por submeter-se ao princípio ético, o movimento vegano admite que tal princípio prescreve certas ações, e proscreve outras.”

“A escravização de humanos foi abominada há quase dois séculos. Para fazer frente ao sistema das práticas institucionais que a fomentava, foi necessário um movimento político abolicionista. A violência da escravização de animais para fins humanos requer um movimento semelhante àquele, de envergadura incalculavelmente maior, pelo número de implicados nela. Semelhante, porque, nesse caso, as vítimas da apropriação não podem libertar-se, não podem juntar forças ou organizar-se para enfrentar a instituição da escravidão. Incalculavelmente maior, pois, no caso da abolição do uso de animais, estamos diante de algo espantosamente disseminado em todas as mentes humanas. O uso de animais não-humanos para atender interesses, necessidades e negócios humanos perpassa todos os âmbitos da produção e consumo de mercadorias e serviços.”

“Quando entendemos racionalmente o por quê de algo ser certo ou errado, queremos que os demais seres racionais imediatamente também o entendam. Mas, a construção da natureza ética nos humanos não se dá num passe de mágica. Mesmo quando temos clareza ética sobre uma série de questões morais, ainda assim relutamos em seguir aquilo que nossa razão nos dá por certo ou verdadeiro. A teia na qual nos enredamos, ao forjarmos o modo de vida antropocêntrico e hostil aos interesses de outros animais, coloca-os na condição de objetos de propriedade. Abrir mão da condição de proprietário e senhor requer força, coragem e desprendimento. Esse é o modo da libertação humana.”

Fonte:

http://pt.wikipedia.org/wiki/%C3%89tica

O texto na integra você encontra no link abaixo:

http://www.sociedadevegana.org/index.php?option=com_content&view=article&id=16:a-desanimalizacao-do-consumo-humano-desafios-da-etica-vegana&catid=10:geral

Anúncios

Tem Estilo, Tem Ética!

Qual o seu conceito de moda?

Vestir um casaco do pele? Usar botas de couro? Seda?

Moda, hoje em dia , é ser ecológico, é estar de bem com meio ambiente, é ser livre de crueldade. Muitas pessoas ainda não sabem o que é moda vegana , ou simplesmente moda livre de crueldade. Infelizmente, ainda não é tão acessível assim os produtos, a maioria dos produtos são importados, as griffes também são americacanas, porem os preços, hoje em dia, estão mais baixos, e algumas marcas entregam para o mundo todo. As marcas que eu pesquisei são todas internacionais.

Quem já ouviu falar de Stella McCartney?

Ela é uma das primeiras, e mais famosa estilista vegana, tem uma coleção que ela desenhou para adidas, bolsas, roupas, sapatos, tem TUDO, e entrega para qualquer lugar. Mas os preços não são nada baratos. Porem agora o site está com um super desconto 60%off.

 

Stella McCartney

Outra marca vegana é a OlsenHaus Pure Vegan, comandada pela estilista Elisabeth. Essa marca já é um pouco mais acessível, e entrega para o mundo todo, os calçados são bem coloridos e muito estilosos, para nenhum fashionista botar defeito. Na figura abaixo temos um modelo lindo da griffe OlsenHaus. E no site tem muito mais. (https://www.olsenhaus.com)

 

OlsenHaus Fall’10

Encontrei uma terceira marca vegana, é do exterior também, mas que nunca ouvi falar antes, a Beyond Skin, os sapatos são mais minimalistas, com poucos detalhes, mas não deixam de ser lindos e estilosos, e os preços são mais baratos, entregam para todos os países e inclusive já tem as formas de pagamento no próprio site.  E tudo com 50% off.

Beyond Skin

No site ANDA, encontrei uma matéria bem legal, falando que veganismo, vai muito alem da comida. E de fato é verdade pois, como expliquei nas linhas acima veganismo é moda também comportamento e beleza.  Vale a pena dar uma conferida nessa matéria. Na integra, nesse link:  http://www.anda.jor.br/?p=34048

Falei apenas de três griffes veganas,talvez as mais conhecidas, mas existem muitas outras e que são bem legais, bem urbanas e com estilo, mas que infelizmente não entregam para outros países, então resolvi não coloca-las nesse post pois, o que de fato nos interessa é saber quais estão acessíveis de verdade, não só pelo preço e sim pelo fato da entrega em outros países.

                                                                     Tem estilo, tem ética!

ANDA:

http://www.anda.jor.br/?p=34048

http://www.anda.jor.br/?p=18146                       

Beyond Skin:

http://www.beyondskin.co.uk/

Stella McCartney:

http://twitter.com/StellaMcCartney

http://www.stellamccartney.com/

Olsen Haus:

https://www.olsenhaus.com/